Translate

0

Crianças - Uma dádiva em nossas vidas.

Crianças são seres dotados de uma ingenuidade dantesca, tomadas por tamanha esperteza e criatividade que fazem com que nós, adultos, nos rendamos a este encanto doce e infantil Incrível, mas percebam como o sorriso de uma criança pode amolecer até o mais duro dos corações e, caso não seja suficiente, o mesmo vem acompanhado por aqueles olhinhos brilhantes e sinceros, as bochechinhas rosadas e os “grunhidos” que toda criança faz quando ainda não sabe falar. Todo esse conjunto quase que implorando por um sorriso, por menor que seja. A criança, ainda que briguenta, é considerada a grande alegria de uma casa. Brinquedos espalhados pela sala, papinha no chão da cozinha, suco na mesa, toalha suja e roupa imunda, berros, gritos, resmungos e choros. Às vezes parecemos estar vivenciando a terceira guerra mundial, tamanho o alvoroço, mas é só a colocarmos para dormir que mudamos as nossas feições. Se antes estávamos tensos e irritados, basta que vejamos o sono de uma criança para, novamente, amolecer e ficarmos com cara de bobo. Escutar a respiração e perceber toda a sua pureza nos faz acreditar e ter esperança em um mundo melhor, mais justo e melhor para se viver. Ver uma criança dormindo ou mesmo brincando no chão da sala nos dá paz, traz tranqüilidade e faz com que esqueçamos todos os problemas que tivemos durante o dia. A criança nos cura de diversos males. As dores no corpo parecem sumir, sono já não temos e a raiva não existe mais. Ter uma criança entre nós é uma dádiva, um lindo presente de Deus e, ao brincarmos com ela, percebemos o quanto humano nós ainda somos, mas, intelizmente, nos esquecemos disso. Nos esquecemos que um dia já fomos puros e verdadeiros como uma criança. Entretanto, ter um filho não é somente um mar de rosas vermelhas e perfumadas, pois haverá o desgaste, financeiro e físico, dos pais e, às vezes, até dos avós ou tios que, meio sem querer, envolvem-se na confusão. Ao menos nos primeiros anos, o nosso sono não será o mesmo. Teremos que dormir cedo e acordar varias vezes durante a noite com um choro suave, aqueles que confundimos com soluços, ou mesmo com berros, que pouco assemelham-se ao nosso despertador, por serem ainda mais barulhentos. Existem pontos bons e ruins, mas nada supera a felicidade de vermos o nosso bebe nascer, pegá-los nos braços e sentir o pulsar do coração daquela pequena jóia; vê-lo dando o primeiro passinho ou aprendendo a falar. E a primeira palavra, então? Toda a família fica na maior expectativa, que chega a ser até engraçado. Qual o adulto que nunca lembrou-se com alegria e paixão dos tempos que eram crianças, que podiam brincar e pular sem qualquer preocupação? Eu sou um destes adultos e sempre me lembrarei dos meus tempos de criança até o dia que possa vivê-los em meus filhos que, com certeza, serão tão ou mais amados quanto eu fui.
"A melhor maneira de tornar as crianças boas, é torná-las felizes".
Oscar Wilde

Nenhum comentário :

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais populares no Criança Genial

1 livro por dia - Grátis

Mudar Fonte e Tamanho da Leitura

Arquivo do blog