Translate

0

Dia da Lingua Nacional

21/05 - Dia da Língua Nacional


A língua falada por um país corresponde ao cerne de sua identidade. Desde as primeiras conquistas, como os povos egípcios, gregos e romanos, era comum que as nações colonizadoras tratassem logo de impor seu idioma como forma de dominação. O mesmo valia para a religião, pois já se sabia que, quando tiramos de um povo seu idioma e sua religião, tiramos também um grande pedaço de sua alma.
A língua portuguesa é uma das cinco línguas mais faladas no mundo - cerca de 180 milhões de indivíduos utilizam-na como língua materna. É a língua nacional de Portugal (incluindo Açores e Madeira) e do Brasil, a língua oficial de vários países africanos (Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe) onde convive com múltiplas línguas nacionais, e ainda sobrevive na Ásia (Macau e Goa) e na Oceania (Timor) como língua de grupos minoritários.
Nosso idioma pertence ao grupo das línguas românicas, ou neolatinas, e teve a sua origem no latim falado, levado para a Península Ibérica por volta do século II a.C., como conseqüência das conquistas políticas do Império Romano. Originado no Lácio, na Itália Antiga, o latim expandiu-se por quase todo o mundo conhecido devido ao espírito de organização e domínio bélico e político-cultural de Roma.
O processo de fragmentação lingüística do Império Romano, responsável pela formação das diversas línguas românicas (português, francês, espanhol, italiano e romeno, principalmente) deve ser observado sob o ponto de vista lingüístico e político-social. O latim falado nas diferentes regiões do Império Romano tinha uma realidade tão diversificada que, no século III da nossa era, a unidade lingüística do império já não existia.
Essa imensa diferenciação dialetal é uma das principais causas da transformação do latim nas línguas românicas.
Os três séculos passados entre a chegada dos bárbaros e a dos árabes à Península Ibérica não deixaram documentos lingüísticos. No entanto, é certo que o latim se transformava. Somente no século IX surge um romanço peculiar, do qual se teria constituído a língua portuguesa, em decorrência da separação do condado portucalense dos reinos de Leão e Castela.
Mesmo tendo adotado o idioma de seu colonizador, o Brasil possui modos de escrever e de falar que foram surgindo e caracterizando nosso povo com o passar do tempo. A Língua Portuguesa aqui é bem diferente da que encontramos em Portugal, além das variações que encontramos de região para região dentro do nosso país. Isso tudo porque um idioma não é algo estático, parado no tempo. Se fosse, ainda estaríamos falando como em Portugal no século XVI, como tempos "d'antes"... Muita coisa mudou e, acredite, cada um de nós contribuiu para que assim fosse!

"A língua é ou faz parte do aparelho ideológico, comunicativo e estético
da sociedade que a própria língua define e individualiza."
(Leonor Buescu)

Fonte: Univ. Federal de Goiás

Nenhum comentário :

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais populares no Criança Genial

1 livro por dia - Grátis

Mudar Fonte e Tamanho da Leitura

Arquivo do blog