0

PF prende procurador-geral de Roraima e outros sete por suspeita de pedofilia

Brasília - O procurador-geral de Roraima, Luciano Queiroz, foi preso hoje (6) pela Polícia Federal (PF) durante a Operação Arcanjo, realizada em Boa Vista, suspeito de pedofilia. Também foram detidos um major da Polícia Militar, um funcionário do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), dois empresários e outras três pessoas. Segundo a PF, os oito mandados de prisão e os oito de busca e apreensão foram cumpridos nesta manhã. Os presos estão sendo encaminhados à superintendência do órgão no estado.A acusação é de que três pessoas, Givanildo dos Santos Castro, Jackson Ferreira e Lidiane do Nascimento, atuavam junto com o major da PM Raimundo Gomes em uma suposta rede de pedofilia. Essa rede, de acordo com a assessoria da Polícia Federal, atenderia ao procurador-geral Luciano Alves de Queiroz, além de empresários e políticos. O funcionário do TRE preso, segundo a PF, é Hebron Silva Vilhena.O procurador-geral de Roraima foi quem deu entrada, em abril, na ação cautelar, com pedido de liminar, para suspender a Operação Upatakon 3, da a retirar os não-índios da Terra Indígena Raposa Serra do Sol. '
Danilo Macedo Repórter da Agência Brasil

Nenhum comentário :

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais populares no Criança Genial

1 livro por dia - Grátis

Mudar Fonte e Tamanho da Leitura

Arquivo do blog